Pagamento por aproximação chega às linhas de ônibus gerenciadas pela EMTU

Tecnologia será disponibilizada em todas as linhas da EMTU que circulam na Região Metropolitana de São Paulo

qui, 22/06/2023 - 13h19 | Do Portal do Governo
Pagamento por aproximação estará disponível em mais de 4 mil ônibus de linhas da EMTU até julho

Os ônibus que atendem linhas gerenciadas pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo) na capital paulista e região metropolitana de São Paulo agora contam com pagamento por aproximação. Os passageiros podem embarcar utilizando cartões de crédito ou débito, aproximando no validador diretamente na catraca do veículo. Além dos cartões com essa tecnologia, celulares e relógios smartwatches também poderão ser utilizados. 

Para o secretário dos Transportes Metropolitanos, Marco Antonio Assalve, a expansão de novas tecnologias no transporte público facilita o dia a dia do usuário. “O recurso de pagamento por aproximação no transporte público de São Paulo é uma inovação na mobilidade que se adequa aos dias atuais e possibilita maior praticidade e agilidade à viagem dos passageiros, melhorando o fluxo na hora do embarque”, afirma Assalve.

A modalidade de pagamento por aproximação, também conhecido como EMV, já está disponível, no formato piloto, em 1.022 ônibus das operadoras Next Mobilidade, Viação Miracatiba e Viação Raposo Tavares. A ABASP (Associação de Apoio e Estudo da Bilhetagem e Arrecadação nos Serviços Públicos de Transporte Coletivo de Passageiros do Estado de São Paulo), por meio da Autopass, está expandindo o recurso e, na primeira quinzena de julho, o pagamento por aproximação estará disponível em mais de 4 mil ônibus de linhas da Região Metropolitana de São Paulo gerenciadas pela EMTU.

Para o gerente de marketing da EMTU, Paulo Reis, a ampliação do pagamento por aproximação nos transportes metropolitanos traz mais agilidade para o dia a dia dos passageiros. “Evoluímos do ponto de vista tecnológico e estamos oferecendo mais praticidade aos passageiros com mais de 85% dos ônibus da EMTU já aceitando pagamento por aproximação”, destaca. 

Com a ampliação, a modalidade de pagamento estará disponível em 100% da frota de linhas da EMTU da região metropolitana de São Paulo e municípios, como Grande ABCDM, Rio Grande da Serra, Ribeirão Pires, Cotia, São Roque, Taboão da Serra, Itapecerica da Serra, Embu das Artes, Juquitiba, São Lourenço, Embu-Guaçu e Ibiúna. Os ônibus com a tecnologia receberam adesivos nos validadores e portas, sinalizando a possibilidade de pagamento por aproximação e os cartões aceitos.

Como funciona o pagamento por aproximação nos ônibus

Com a modalidade, os passageiros do transporte público paulista podem passar pela catraca utilizando um cartão de débito ou crédito (tanto físicos, como os digitais, disponíveis nas carteiras digitais nos smartphones e wearables) das bandeiras Mastercard, Visa e Elo. Caso o usuário do transporte coletivo tenha dúvidas se o seu cartão é ou não habilitado para o uso via pagamento por aproximação, basta contatar seu banco para confirmar a funcionalidade.

Para a Mastercard, bandeira líder de mercado no Brasil, o recurso contribui para a melhoria da jornada dos turistas e passageiros não frequentes, trazendo simplicidade, agilidade e segurança no pagamento da passagem.

“Na Mastercard, trabalhamos em conjunto com nossos parceiros para desenvolver soluções que facilitem a vida das pessoas e contribuam para o desenvolvimento inclusivo e sustentável das cidades. Por isso, a aceitação de cartões de débito e crédito através da tecnologia de pagamento por aproximação no transporte público é um pilar importante para nós. Além de trazer eficiência, o pagamento por aproximação oferece mais facilidade e segurança para o dia a dia dos cidadãos”, explica Fernanda Caraballo, vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios da Mastercard Brasil.

Tecnologia também pode ser usada nos trilhos

Além dos ônibus intermunicipais gerenciados pela EMTU, a Autopass também ampliou o projeto piloto do sistema de pagamento por aproximação em estações do Metrô, CPTM e ViaMobilidade em 2023. Até o momento, essa forma de embarque está disponível em 13 estações: João Dias (Linha 9), Jabaquara (Linha 1), Ipiranga (Linha 10), Consolação (Linha 2), Brás (Linha-11), Belém (Linha-3), Tatuapé (Linha-12), Estação Aeroporto (Linha-13), Trianon (Linha-2), Campo Belo (Linha-5), Osasco (Linha-8) e Granja Julieta (Linha 9).

Sobre a EMTU 

Vinculada à Secretaria dos Transportes Metropolitanos, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) é controlada pelo Governo de São Paulo. Fiscaliza e regulamenta o transporte metropolitano de baixa e média capacidade nas cinco regiões metropolitanas do Estado: São Paulo, Campinas, Sorocaba, Baixada Santista e Vale do Paraíba / Litoral Norte. Juntas, as áreas somam 134 municípios.