Produtores exaltam visibilidade e apoio do Estado na SP Gastronomia: ‘retorno imediato’

Setur-SP une produtores regionais e o público no maior evento de gastronomia do país e incentiva o turismo gastronômico do estado

sáb, 01/07/2023 - 9h25 | Do Portal do Governo
DownloadGoverno do Estado de São Paulo
“Não é só um produto, é uma cultura. Através do Jaracatiá a gente conta a história da nossa região e do Brasil”, diz o produtor Eduardo Modesto

Eduardo Modesto produz licores, cervejas e outros produtos à base do fruto do Jaracatiá, árvore nativa da Mata Atlântica. O agricultor da cidade de São Pedro, na região da Serra do Itaqueri, é um dos oito pequenos produtores que, até o domingo (2), estará presente no estande da Secretaria de Turismo e Viagens do Governo de SP na SP Gastronomia.

Considerado o maior evento de gastronomia do Brasil, o local serve como grande vitrine para que produtores de diversas regiões do estado, inscritos no programa Sabor de São Paulo, exponham e vendam seus produtos.

“Não é só um produto, é uma cultura. Através do Jaracatiá a gente conta a história da nossa região e do Brasil todo. E o Governo do Estado tem se mostrado engajado na valorização desses produtores”, diz Modesto. “Para nós, estar aqui em São Paulo e apresentar o produto para aquele que é o maior mercado do Brasil é algo muito importante. E o governo tem aberto essa porta para gente. O retorno é imediato”.

Os produtores são de regiões que integram as Rotas Gastronômicas, iniciativa da gestão estadual que visa incentivar a experiência gastronômica como produto turístico ao mapear sete rotas que reúnem produtos, restaurantes e agricultores familiares do estado.

“O Estado de SP é um dos eixos da gastronomia mundial. Esse evento gera um ambiente de absoluto potencial de sucesso. Acredito que surpreenderá os organizadores. A Secretaria de Turismo e Viagens tem apoiado muito nossos produtores regionais e artesanais por meio dessas iniciativas”, disse o secretário Roberto de Lucena.

DownloadGoverno do Estado de São Paulo
Os produtores são de regiões que integram as Rotas Gastronômicas, iniciativa da gestão estadual que visa incentivar a experiência gastronômica como produto turístico

Gislaine Rissi, do Doces Caseiros Paulinho, na cidade de Santo Antônio da Alegria, conta que já participou do estande da secretaria em outras feiras, como na Agrishow, em maio deste ano. Ela espera ter o mesmo sucesso de venda na SP Gastronomia.

“O governo dá esse incentivo convidando para as feiras, o que nos dá um retorno muito bom, tanto em vendas na feira mesmo quanto nos clientes que nos conhecem a passam a comprar pelo site, pelas redes sociais. Depois que a gente entrou na rota, a visibilidade foi muito maior”, conta.

O agricultor Luiz Rossini produz azeites artesanais há cerca de sete anos na cidade de Santo Antônio do Pinhal, no Vale do Paraíba, e há dois anos é um dos produtores selecionados pelo programa das Rotas Gastronômicas. Ele enfatiza a importância do contato com públicos especializados propiciados por feiras como a SP Gastronomia.

“O azeite sempre chama atenção desse tipo de público, porque é um dos alimentos mais funcionais. Então minha expectativa é alta de venda, é um público diferenciado do ponto de vista de conhecimento sobre os produtos”, afirma.

Governo no SP Gastronomia

O SP Gastronomia ocorre no Parque Villa Lobos, na zona Oeste de São Paulo. O evento, que começou na quinta-feira (29) e vai até o domingo (2), reúne diversos restaurantes icônicos da capital paulista, além de promover palestras e workshops com chef renomados e shows musicais. O Governo do Estado de São Paulo é um dos apoiadores institucionais da feira.

Além dos estandes da Secretaria de Turismo e Viagens, o governo está presente em outros espaços no local. O Metrô levou um lounge personalizado onde o visitante poderá aguardar o seu transporte. A empresa paulista ainda disponibilizou um display em cada restaurante participante informando qual estação de Metrô leva ao estabelecimento. Outra ação será a presença de dois carrinhos de golfe customizados para transporte preferencial do público.

“A gente quis fazer essa junção do transporte público com todo esse polo gastronômico que São Paulo tem. Para mostrar que o Metrô é uma opção de transporte quando as pessoas querem sair e se divertir, e não só para trabalhar nos dias de semana”, diz Mariana Yassuda, coordenadora de contratos da Gerência de Comunicação e Marketing do Metrô de São Paulo.

O Detran-SP, por sua vez, contará com uma estrutura de atendimento em que será promovida uma ação para testes de bafômetro e conscientização dos visitantes, além de um display no qual são apresentados os serviços online do órgão.

“A gente aproveita esse momento de distração, de gastronomia, para mostrar como funciona o controle de alcoolemia e promover uma conscientização e educação das pessoas que estão aqui. De forma lúdica e interativa, nós aproximamos o órgão de fiscalização de trânsito do público”, explica o diretor-presidente do Detran-SP, Eduardo Aggio.

A Sabesp também conta com um estande onde são oferecidas experiências de conscientização sobre o correto descarte do óleo de cozinha, em parceria com o programa Óleo do Bem.

Aqueles que participarem poderão levar uma barra de sabão ecológico produzido com o óleo de cozinha arrecadado nos mais de 480 pontos de entrega voluntária que o projeto mantém em 15 cidades do interior. A Sabesp ainda distribuirá copos descartáveis com o logo da companhia.